Dustin Diamond, mais conhecido como Screech de ‘Saved By the Bell’, morre aos 44 anos

Dustin Diamond, o ator mais conhecido por interpretar o peculiar personagem de Screech na série de sucesso da NBC Saved By the Bell, morreu na segunda-feira após ser diagnosticado com câncer no mês passado. Ele tinha 44 anos.

Seu agente de talentos de longa data, Roger Paul, confirmou a notícia em um comunicado: Estamos tristes em confirmar o falecimento de Dustin Diamond na segunda-feira, 1º de fevereiro de 2021 devido a um carcinoma. Ele foi diagnosticado com esta forma brutal e implacável de câncer maligno apenas três semanas atrás, disse ele. Naquela época, ele conseguiu se espalhar rapidamente por todo o seu sistema; a única misericórdia que exibiu foi sua execução rápida e afiada. Dustin não sofreu. Ele não precisava ficar submerso em dor. Por isso, somos gratos.

TMZ, o primeiro veículo a relatar a notícia, relatado várias semanas atrás, aquele Diamond foi hospitalizado na Flórida após sentir dor, e dois dias depois, um representante contado Entertainment Weekly, que ele havia sido diagnosticado com câncer no estágio 4.



A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Diamond era familiar para uma geração de fãs como Samuel Screech Powers, o amigo maluco de Zack Morris (Mark-Paul Gosselaar) em Saved by the Bell, a comédia colegial extremamente popular que foi exibida na NBC de 1989 a 1993. Ele interpretou o geek , o estranho, aquele que claramente não se encaixava com os garotos legais de Bayside High, mas eles o aceitavam em seu círculo de qualquer maneira. Ele pode ter sido o nerd simbólico, mas para as legiões de crianças que correram para a TV quando ouviram o sino da escola sinalizar a música-tema do programa, ele era um membro querido do grupo.

Ele apareceu por 13 anos no total na franquia, que também incluiu um predecessor, Good Morning, Miss Bliss, seguido por Saved By the Bell: The College Years e spin-off Saved by the Bell: The New Class. Depois disso, Diamond fez as rodadas de reality shows para as estrelas da TV dos anos 90, incluindo passagens pelo Celebrity Fit Club, Celebrity Boxing 2 e Celebrity Big Brother.

Diamond também lutou para se ajustar depois de anos de fama na adolescência. Ele era apenas um pré-adolescente quando foi escalado para Good Morning, Miss Bliss, e quando o show foi reformulado como Saved by the Bell, ele era mais jovem do que a maioria dos outros membros do elenco fortemente unidos, tornando difícil a ligação na vida real em definir.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

A coisa mais difícil de ser uma estrela infantil é desistir da infância, Diamond disse em uma entrevista de 2013 com HuffPost. Você não teve uma infância, realmente. Você é um profissional e deve conhecer suas falas, ensaiar e praticar.

Ele se distanciou ainda mais de seus colegas de elenco, que não ficaram satisfeitos com suas memórias de 2009, Behind the Bell, que detalhou um ambiente disfuncional no set. (Diamante mais tarde disse seu escritor fantasma transformou seus pensamentos em conversa fiada, o que não era sua intenção.)

Seus problemas públicos incluíram a filmagem de uma fita de sexo em 2006, embora mais tarde ele tenha revelado que usou uma dublê. Ele também passou três semanas na prisão em 2016, depois de entrar em uma briga de bar em Wisconsin. Em uma entrevista logo após seu período na prisão, ele disse a seu ex-colega de estrela de Saved by the Bell Mario Lopez no Extra que ele queria um novo começo: eu quero deixar a tolice e a malarkey para trás ... para essa lousa em branco. Hora de mudar.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Paul, seu agente de talentos, reconheceu o passado problemático de Diamond. Estamos cientes de que Dustin não é considerado confiável pela maioria. Ele tem uma história de contratempos, de eventos infelizes. Queremos que o público entenda que ele não foi intencionalmente malévolo. Ele - assim como o resto daqueles que agem e se comportam mal - passou por uma grande turbulência e dor de cabeça, disse ele em seu comunicado. Suas ações, embora repreensíveis, resultaram da perda e da falta de conhecimento de como processar essa dor de maneira adequada. Na verdade, Dustin era um indivíduo bem-humorado e espirituoso, cuja maior paixão era fazer os outros rirem. Ele foi capaz de sentir e sentir as emoções de outras pessoas a tal ponto que ele também foi capaz de senti-las - uma força e uma falha, tudo em um.