O assassinato fecha o círculo em 'Dead to Me'. Aqui estão as maiores reviravoltas da 2ª temporada.

Esta postagem discute os pontos da trama da segunda temporada de Dead to Me da Netflix - muitos spoilers pela frente.

Quando é o show do intervalo do Super Bowl

Muita coisa mudou desde que conhecemos Jen (Christina Applegate) e Judy (Linda Cardellini), as amigas improváveis ​​no centro de Dead to Me da Netflix - embora a segunda temporada da comédia dramática repleta de reviravoltas comece poucas horas depois do suspense da última temporada terminando, que encontrou Jen chamando Judy para ajudá-la a lidar com o corpo flutuando na piscina de seu quintal.

Mas as reviravoltas não param por aí! Vamos descompactar as maiores viradas (como na maioria das principais) desta temporada.



Quebrando as reviravoltas na 1ª temporada de ‘Dead to Me’, um programa sobre luto - e muito mais

O destino de Steve

Uma das maiores questões para a 2ª temporada foi o que, exatamente, aconteceu com Steve (James Marsden). Na última temporada, o ex-marido de Judy foi deixado flutuando na piscina de Jen depois que os dois discutiram sobre o que aconteceu na noite em que o marido de Jen, Ted, morreu. (A primeira temporada revelou que ele foi acidentalmente morto por Steve e Judy em um atropelamento.) A conclusão lógica foi que Jen atirou em Steve em legítima defesa porque ele se recusou a deixar sua propriedade. Mas Dead to Me, com suas muitas reviravoltas e obstáculos, nem sempre negocia com a lógica.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Em uma revelação bombástica no final da abertura da 2ª temporada, aprendemos via flashback que, embora Steve inicialmente se recusasse a deixar o quintal de Jen até que Jen revelasse o paradeiro de Judy, ele finalmente se virou para ir - mas não antes de lançar um discurso vil. Eu não sei por que você a está protegendo, ele diz a Jen. Ela só sente pena de você. Pobre viúva, sozinha, marido traidor - cara, ele estava miserável, não era?

A resposta de Jen é como algo saído de um episódio Snapped. Enquanto Steve se afasta, ela pega o pássaro esculpido em madeira de seu filho Henry e bate repetidamente na cabeça de Steve. Em retrospecto, há dicas ao longo do episódio de que Jen não está contando toda a história sobre o que aconteceu naquela noite.

Pouco antes do flashback revelador, Jen tenta confortar Judy enquanto ela está de luto por Steve. Ele estava atacando você. Não foi sua culpa, Judy garante Jen. Por um minuto, Jen parece que pode confessar a Judy. Por fim, ela pede para lhe dar um abraço.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Então, temos essencialmente o reverso da grande reviravolta da temporada passada. Serão necessários vários episódios antes de sabermos a localização do corpo de Steve, mas podemos ter certeza de que nunca o veremos novamente (e honestamente, boa viagem, porque ele era um idiota). Não é a última vez que vimos Marsden, porém, o que nos leva a. . .

Ben

Dead to Me leva um swing telenovela com a introdução no episódio 2 do gêmeo semi-idêntico de Steve, Ben, que Judy aparentemente nunca pensou em mencionar! Dois espermatozoides, um óvulo, Ben explica alegremente. (Não importa que gêmeos semi-idênticos são tão raros que os médicos apenas identificou o segundo caso conhecido no mundo no ano passado.) Ben é charmoso, embora de um jeito cafona. Ele também é, revigorante, não um idiota, então é fácil inclinar-se para o absurdo de tudo isso.

A história continua abaixo do anúncio

Bem, é fácil para nós. Eu estou morto. Eu morri? Jen pergunta hilariante. Ninguém está morto, Judy repete com um sorriso triste - pouco antes de Jen desmaiar. Quando ela acorda, descobrimos que Ben é um quiroprático. Ele também está procurando por seu irmão. Ele está desaparecido, assim como seu carro, Ben diz a Jen e Judy. A pobre Jen mal tem tempo de se recuperar do desmaio antes de Ben dar o chute: O FBI está procurando por Steve.

Jen e Judy

Agora é um bom momento para falar sobre o que Judy e Jen sabem e não sabem, respectivamente.

Propaganda

Judy, é claro, começa a 2ª temporada no escuro sobre o que realmente aconteceu com Steve. Ela, no entanto, sabe onde está o corpo de seu ex - porque ela ajuda Jen a colocá-lo em seu freezer. (O terceiro episódio gira em torno de sua viagem para enterrar seu corpo.)

A história continua abaixo do anúncio

Logo após a chegada de Ben, Jen recebe uma enxurrada de novas informações chocantes. Anteriormente, ela não tinha ideia de que Judy denunciou Steve por lavagem de dinheiro - e esvaziou sua conta bancária conjunta - pouco antes de sua morte. Judy fica limpa após a visita de Ben, deixando Jen em uma pirueta. O FBI? Quero dizer, eles são bons em conectar pontos, Jen diz a Judy. E nós somos o. . . pontos.

Judy diz a Jen que o FBI está interessado apenas nos negócios duvidosos de Steve (envolvendo sua suposta galeria de arte) e que eles são realmente legais. Com isso, Judy revela outra surpresa: tenho cooperado com eles.

Detetive Perez

Falando em aplicação da lei, somos apenas dois episódios em que Jen recebe a primeira visita de Perez (Diana Maria Riva), o detetive de Laguna Beach designado para investigar a morte de Ted. Para o alívio de Jen, a visita domiciliar não tem nada a ver com Steve. Ela está lá para entregar a ordem de restrição que Jen solicitou depois de saber que Judy era a responsável pela morte de seu marido. Assim como Perez explica que o departamento não conseguiu entregar os papéis de Judy em seu trabalho, o assunto da ordem de restrição de Jen sai de casa. Você deve estar brincando comigo, Perez suspira.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Jen explica que foi tudo um grande mal-entendido e tentativas de redirecionar a atenção de Perez. Era o carro de Steve Wood, Jen diz antes de expressar sua verdade com uma mentira. Judy nem estava lá. Não convencido, Perez dá a Jen um aviso terrível: Judy Hale é uma contracorrente, diz ela. E Steve Wood está envolvido com algumas pessoas muito perigosas.

Perez então faz outra visita domiciliar para ver seu colega Nick, que ficou com o coração partido na última temporada depois que Judy terminou com ele para voltar a ficar com Steve. A pedido equivocado de Judy, ele também estava investigando a morte de Ted - antes de tirar uma licença após a separação. Quando a trilha o levou de volta a Steve e Judy, ele trouxe sua teoria para Perez, mas ela o dispensou por causa da separação e seu estado mental frágil resultante. Perez oferece a Nick um mea culpa: ele não apenas estava certo sobre o atropelamento, mas ela acha que há muito mais nessa história.

A segunda temporada de Dead to Me investiga mais profundamente a personagem de Perez, dando-nos um vislumbre de sua vida além da delegacia. Seu histórico acaba sendo parte integrante da, er, trajetória intrigante desta temporada. Mas também está no centro de outra grande reviravolta.

Michelle

Com seu ex abusivo fora de cena, Judy está livre para buscar novos relacionamentos de uma forma que não estava na temporada passada. E para nossa alegria, ela conhece um novo interesse amoroso promissor na casa de repouso. Michelle (Natalie Morales) é filha de um novo residente, que por acaso se mudou para o antigo quarto do falecido amigo de Judy, Abe.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Judy e Michelle rapidamente estabelecem uma conexão e - depois de alguns momentos vão-elas, não vão-vão - ter um adorável primeiro encontro improvisado. Em pequenos pratos preparados por Michelle (uma chef, ao que parece), eles comparam notas sobre seus relacionamentos anteriores. Judy obviamente omite alguns detalhes, mas garante a Michelle que seu ex se foi. Michelle é muito mais acessível, dizendo a Judy que ainda mora com o ex, embora não seja a situação mais ideal. Ela explica que seu ex tem um passado traumático, tendo passado anos em um orfanato, e tem sérios problemas de abandono como resultado. Judy leva a informação na esportiva, embora a data seja inesperadamente abreviada.

Quando eles se vêem novamente, as coisas são mais claras do que um encontro improvisado. Eles passam a noite juntos. Tudo está maravilhoso na manhã seguinte, até que Judy, em busca de um expresso, encontra a ex-colega de quarto de Michelle. Não é outro senão o Detetive Perez, que mais tarde acaba interrompendo o relacionamento inicial quando ela conta a Michelle sobre o ex desaparecido de Judy.

Ben e Jen

Em qualquer outro programa, a ideia de que Jen se envolveria romanticamente com o gêmeo semi-idêntico do homem que ela assassinou seria absurda. Mas em Dead to Me, quase faz sentido. Os dois se aproximam gradualmente - tão perto, na verdade, que Jen se oferece para fazer uma vigília para Steve. Após o evento, eles se beijam, que Ben mais tarde diz a Jen que ele esqueceu porque estava muito bêbado. Mas ele eventualmente confessa que não se esqueceu de nada. Ele também não estava bêbado; ele é um alcoólatra em recuperação. Apesar dos segredos entre eles, sua conexão é inegável e eles acabam passando a noite juntos.

A história do anúncio continua abaixo do anúncio

Na manhã seguinte, Jen entra em pânico e friamente diz a Ben que eles não podem mais se ver.

O cruzamento

Em meio à tentativa de Jen de encobrir o assassinato de Steve, ela tem que lidar com outra tarefa complicada: ensinar seu filho mais velho a dirigir. Charlie importuna Jen sobre levá-lo para praticar e conseguir um carro para marcar o marco. Durante um passeio, Charlie é forçado a pisar no freio quando um carro passa por um cruzamento. O incidente abala Jen a tal ponto que ela assume como missão colocar uma placa de pare para diminuir o tráfego, mas ela se depara com muita burocracia - e a oposição dos vereadores que mantêm uma placa de pare pode realmente causar mais acidentes .

A história continua abaixo do anúncio

Charlie, entretanto, descobre o carro de Steve escondido em um armário de armazenamento. Em um esforço para impressionar o microinfluenciador que ele está namorando, ele a leva para passear no carro - que ele presume que seja feito para ele. Eventualmente, eles ficam sem gás, alertando Jen sobre as travessuras de seu filho. Quando ela descobre, mais tarde, que Charlie foi filmado dirigindo o mesmo veículo que ela está tentando esconder, ela decide que não tem escolha a não ser queimá-lo.

Sharon Osbourne e Sheryl Underwood

Confissão de Jen

Tomada pela culpa, Jen conta a Judy a verdade sobre o que aconteceu. Com o coração partido, Judy tenta ir embora. Mas nem mesmo o assassinato de dois maridos pode separar os dois. Jen está na frente do carro de Judy, pedindo a ela para apenas me bater. Eventualmente, eles se sentam no carro juntos, e Jen revela o pior do que Steve disse a ela - que Ted havia pulado na frente do carro deles naquela noite. Judy, que finalmente está começando a lidar com a extensão do abuso verbal e emocional de Steve, rapidamente perdoa Jen.

Aquele momento de angústia

No episódio final, Jen conseguiu manter seu segredo de quase todos, exceto de Judy. Mas depois de sua noite com Ben - e as suspeitas crescentes de Charlie sobre por que sua mãe estava escondendo um carro de luxo - é demais. Jen faz uma lista de recursos para os meninos e escreve uma carta para Judy pedindo que ela cuide de seus filhos. Ela então vai para a casa de Perez para se confessar.

Propaganda

Perez pede a Jen para levá-la ao corpo de Steve, mas Jen se vira e não consegue encontrar o local exato onde ele está enterrado. No caminho de volta para Laguna, Jen desaba sobre ter que deixar seus filhos, que já lidaram com a perda de seu pai. Perez, por sua vez, fala sobre a perda de sua mãe ainda jovem - nas mãos de seu padrasto abusivo. Essa história trágica é provavelmente a razão para a decisão chocante de Perez: ela não relata a confissão de Jen, apesar das pistas do departamento sobre o caso.

Judy e os meninos estão emocionados ao ver Jen voltar para casa. Por um breve momento, Jen e Judy parecem encontrar um pouco de paz. Eles também se viram armados com o dinheiro (provavelmente o dinheiro sujo da galeria de Steve) que Judy conseguiu recuperar da tela de suas pinturas antigas. Enquanto parte do dinheiro vai para pagar a hipoteca de Jen, Judy também decide comprar um carro para Charlie.

Infelizmente, tudo isso está acontecendo na época em que uma caminhante e seu cachorro encontram o cemitério improvisado de Steve. Ben logo recebe um telefonema sugerindo notícias perturbadoras (mas não explicitamente declaradas) sobre seu irmão.

Propaganda

O caos converge no cruzamento onde Jen trabalhou incansavelmente para conseguir uma placa de pare, apenas para ser informada que o conselho municipal não aprovaria. Para a surpresa dela e de Judy, o conselho acabou aprovando, o que eles acataram no novo carro de Charlie. Mas, conforme eles se movem pelo cruzamento, um caminhão vem cambaleando na direção deles. Enquanto Judy tenta acordar Jen, que levou um golpe feio na cabeça, vemos o que Jen e Judy não veem: o motorista do caminhão é o Ben, previamente sóbrio, que parece estar muito bêbado como ele (e seu caminhão) sair do local do acidente.

Temos tantas perguntas. Felizmente, se Jen está viva não é um deles. O que aconteceu? ela pergunta a Judy. Fomos atingidos, Judy diz a ela.

Consulte Mais informação:

Para aliviar sua quarentena, aqui estão 25 filmes reconfortantes semelhantes a um cobertor pesado

19 filmes de terror para tirar sua mente dos horrores do mundo real

De repente, tem tempo de sobra? Estes são os melhores filmes superlongos para transmitir.