Seleção da equipe de ginástica feminina dos EUA, Jogos Olímpicos do Rio de 2016 — 2022

Foto: Ezra Shaw / Getty Images. Prepare-se, Rio! No domingo, cinco das melhores ginastas garantiram suas vagas para a equipe de ginástica feminina dos EUA. E sim, Simone Biles fez a lista. Biles lidera a equipe olímpica dos Estados Unidos após vencer a competição geral - a única vaga de qualificação automática - e obter as melhores notas no solo e no salto. As outras ginastas incluem Aly Raisman, Gabby Douglas, Laurie Hernandez e Madison Kocian, de acordo com a equipe dos EUA . As jovens foram selecionadas após duas noites de competição acirrada nas eliminatórias olímpicas em San Jose, CA. O vencedor das provas garante automaticamente uma vaga na equipe. Já os demais integrantes são escolhidos por uma comissão de seleção, que leva em consideração seu desempenho em provas e competições internacionais. Você deve se lembrar de Douglas e Raisman dos Jogos Olímpicos de 2012. Douglas ganhou medalhas de ouro nas competições individuais e em equipe nas Olimpíadas de Londres, onde foi apelidada de 'o esquilo voador'. Raisman - que é o membro mais velho da equipe deste ano - ganhou o ouro nas competições por equipe e solo. Ela também ganhou um bronze na trave de equilíbrio, tornando-a a ginasta americana mais condecorada dos jogos de Londres. Hernandez é o primeira ginasta latina desde 2004 para representar os EUA na ginástica feminina. E Kocian é a profissional preferida da equipe em barras desiguais (ela venceu a competição de barras desiguais nos testes). Já se passaram quatro anos desde que a equipe dos EUA ganhou o ouro em Londres. Parece que eles estão prontos para fazer isso de novo.