Quando os reality shows se tornaram tão sexuais, lançaram tanto tesão? — 2022

Em abril deste ano, em meio a uma pandemia global que deixou milhões de pessoas se isolando, muitas sem saber quando (ou se) farão sexo novamente, a Netflix estreou seu reality show mais movido a sexo até então. Quente demais para manusear é uma série de competição, alimentada pela tensão de dizer a um elenco de gatas seminuas que elas podem ganhar até $ 100.000 - desde que não façam sexo durante um retiro na praia. Quando Quente co-estrelas recebem luz verde literal para ficarem sem perder a chance de ganhar o prêmio em dinheiro, elas aproveitam a chance como se fosse o Santo Graal. Quente demais para manusear não está sozinho em sua carnalidade na tela - o resto do cenário atual da TV é igualmente sexys. O último Bacharel o líder, Peter Weber, é mais conhecido como o homem que “fodeu em um moinho de vento” quatro vezes em um único encontro noturno. o solteira estrela esperando nas asas, Clare Crawley, deu um mergulho profundamente controverso no oceano anos atrás com ela Bacharel
ZX-GROD
temporada. Em junho, o Donas de casa reais de Beverly Hills teaser trailer revelou um suposto caso entre duas donas de casa. Seria fácil concluir que a TV de realidade nunca foi tão obcecada por sexo. No entanto, um mergulho profundo nos últimos 30 anos do gênero revela que essa suposição não é verdadeira. Reality TV tem sempre foi impulsionado por nossos desejos carnais e pode ter sido ainda mais sexy no início dos reality shows (lembre-se O jogo do recém-casado Perguntando o lugar mais selvagem que os casais já 'fizeram gritaria?' ) Afinal, se você está tentando lançar um novo gênero incipiente (como reality shows no início dos anos 90), nada vende melhor do que sexo - quanto mais real, melhor. Com isso em mente, elaboramos um guia para os maiores sucessos dos momentos mais positivos do sexo na TV americana, desde os programas de TV mais tesudos até algumas das explorações da sexualidade mais revolucionárias já televisionadas. Continue lendo para todos os detalhes interessantes. Em seus primeiros dias, a TV de realidade era uma diversão facilmente ridicularizada, da qual as pessoas “sérias” falavam em voz baixa. Hoje, é um gênero premiado com o Emmy por direito próprio e talvez a forma mais importante e relevante de entretenimento em um mundo onde documentamos e distribuímos cada momento de nossas vidas em alta definição. Mas agora, contra o pano de fundo de manchetes que induzem a ansiedade e turbulência social, o gênero anteriormente de baixo risco fornece um alívio bem-vindo (Veja: Hyori's Bed & Breakfast ), comentário cultural (ver: Sobrevivente ) e um exame de como o país chegou aqui (ver: Regras de Vanderpump ) Em 2020, não há realmente como escapar da realidade, seja em nossas telas ou do lado de fora de nossa porta.